sexta-feira , 19 de outubro de 2018
Início / Notícias / Secretaria de Educação implanta projeto para que mães voltem a estudar

Secretaria de Educação implanta projeto para que mães voltem a estudar

A Prefeitura Municipal de Rio Brilhante, através da Secretaria Municipal de Educação, implantou neste ano um novo projeto na escola municipal noturna Sidney Coelho Nogueira: atividades lúdicas e educativas para filhos de alunas da unidade.

O projeto foi implantado a partir da constatação de que as mulheres que não tiveram a oportunidade de estudar na idade certa, geralmente encontram grandes dificuldades em voltar às escola após se tornarem mães, porque muitas vezes não tem com quem deixar seus filhos.

Assim, foi organizado um espaço, com material diversificado e uma monitora para desenvolver atividades diversificadas com as crianças, enquanto suas mães estão em sala de aula. As ações são acompanhadas pelo diretor da Escola, Professor Antônio Rodrigues de Souza e pela Coordenadora Pedagógica Caroline Martins da Motta.

Esse projeto está permitindo que cerca de 20 mães possam frequentar as aulas na unidade escolar. Diversas alunas enfatizaram que só estão de volta aos estudos graças à possibilidade de levar também seus filhos à escola. Algumas fizeram questão de dizer que na escola sabem que seus filhos estão sendo bem cuidados e com isso podem se concentrar nas aulas.

A Secretária Municipal de Educação Magali de Araújo Lima disse que “sabemos que o ensino noturno tem particularidades e por isso precisamos ter outro olhar e buscar alternativas para garantir o acesso e a permanência dos alunos.”

Magali também enfatizou que “esse projeto traz também a oportunidade de melhorar a qualidade de vida de muitas famílias, porque certamente essas mães terão muitas outras possibilidades no mercado de trabalho a partir da conclusão do Ensino Fundamental. Com isso, vemos que essa ação tem um alcance muito significativo, com um investimento baixo mas que trará um retorno social expressivo.”

O professor Antônio também informou que ainda há vagas disponíveis na escola, bastando que os interessados procurem a unidade para fazer sua matrícula.