sexta-feira , 20 de outubro de 2017
Início / Destaques / Rio Brilhante participa da 6ª Conferência Estadual das Cidades de Mato Grosso do Sul

Rio Brilhante participa da 6ª Conferência Estadual das Cidades de Mato Grosso do Sul

Maria do Carmo Avessani, Presidente da AGEHAB MS Marcelo Miglioli, Secretário de Estado de Infraestrutura Maria Carmen Matsunaka Carlino, Coordenadora do Plano Diretor – CMDS de Rio Brilhante Edymar Fernandes Cintra, Conselheira do Cec-MS pelo MNLM

Nos dias 03 e 04 de outubro realizaram-se em Campo Grande MS, a 6ª. Conferência Estadual das Cidades do Mato Grosso do Sul, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, na oportunidade conforme deliberação da 6ª. Conferência Municipal de Rio Brilhante em Junho de 2016, os delegados referendados estiveram presentes, entre eles participei na condição de representante do Poder Executivo Municipal.

Após a abertura com apresentações culturais, a fala do Secretário de Estado de Infraestrutura e Presidente do CEC/MS, Senhor Marcelo Miglioli, faz a abertura Solene, e Excelentíssimo Governador Reinaldo Azambuja se faz presente e destacando a importância do Ministério das Cidades, na Função Social da Cidade e da Propriedade: Cidades inclusivas, participativas e socialmente justas.

A 6ª. Conferência foi muito oportuna nas questões pertinentes ao Plano Diretor e Conselhos Municipais e Estadual, com o Tema muito relevante, na Regularização Fundiária e Edilícia,  no Lema / Politica de Arrecadação para os Fundos de Habitação, Saneamento, Mobilidade e Acessibilidade, garantido a Sustentabilidade.

Com a participação de quase todos os municípios do MS, com as palestras, representação nacional com Presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal – CODHAB – Gilson Paranhos, com enfoque na Função da Cidade e da Propriedade/ Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas, com experiências oportunas.

Palestra Estadual – Regularização Fundiária e Edílicia – Murilo Mendonça Barra – Diretor de Desenvolvimento Institucional da AGEHAB-GO,  com muitos questionamentos uma vez que que a questão Fundiária ainda hoje tem seu grito forte na população e da mesma maneira a de Propriedade e da Cidade, temas fortes que gerou muitos questionamentos e trocas.

Com os Painéis temáticos que vieram de certa maneira, esclarecer mais clara  os temas, na Função  Social da Cidade com o brilhante Arquiteto e Urbanista que nossa municipalidade o conhece bem, Professor Ângelo Arruda, que coloca a função em três escalas, como coirmãs para que tudo possa acontecer, na função Social da Propriedade e Habitação de Interesse Social- Regularização Fundiária e Edilícia- a brilhante Diretora Presidente da Agência da Habitação Popular de MS – AGEHAB-MS, Maria do Carmo Avesani Lopes.

Sobre os Fundos para Habitação, Saneamento, Mobilidade Urbana o já nosso colaborador em gestões anteriores de nosso Prefeito Donato  para o nosso Plano Diretor, Aroldo Figueró, professor UNIDERP.

Infraestrutura Urbana – José Marcos da Fonseca, Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Campo Grande – SEMADUR, a Cidade que Queremos – Berenice Maria Jacod  Domingues Diretora da PLANURB.

De uma maneira geral, a Conferência nos contemplou assuntos muitos pertinentes, em todos os aspectos na edificação da Cidade que Queremos rica em suas abordagens.

Percebeu-se que em muitos municípios do MS, o Plano Diretor e Conselhos, não estão implementados, o que dificultou o entendimento dos delegados, mas saíram compromissados em suas implementações e na valorização dos Conselhos Municipais. Os debates em grupos foram muitos bons e esclarecedores, concluiu-se em propostas estaduais e nacionais de grande envergadura no aprimoramento da “Cidade que Queremos”.

Nossa satisfação, foi o reconhecimento de nosso município como um dos primeiros a implantar o Plano Diretor e concluir sua Revisão em conformidade com a Lei, em tempo record, importante agora é dar continuidade na execução das propostas elencadas e aprovadas por nosso legislativos, com mais de 60 delegados eleitos e dois a fazer parte do Conselho Estadual, pudemos desta maneira com nossos olhares e conhecimentos contribuir e colaborar na 6ª. Conferência Estadual das Cidades do MS.

Por: Maria Carmen Matsunaka Carlino
Plano Diretor/ Secretária Executiva do – CMDS.
Jornalista – 111087