segunda-feira , 22 de janeiro de 2018
Início / Notícias / Programa Rio Brilhante Mais Limpa vai sortear prêmios

Programa Rio Brilhante Mais Limpa vai sortear prêmios

A prefeitura de Rio Brilhante, através da Secretaria de Desenvolvimento está realizando uma promoção para incentivar a população a realizar a destinação correta das embalagens recicláveis.

O Programa Rio Brilhante Mais Limpa de Coleta Seletiva vai sortear prêmios para quem separar seu lixo em casa e trocar por cupons, ou também quem levar o lixo eletrônico na Semana do Meio Ambiente que acontecerá de 05 a 09 de junho na praça central.

Os prêmios são: 03 Bicicletas; 01 Tablet e 01 Microondas e o sorteio será realizado no dia 09 de junho às 15 horas na praça Dr. Boaventura. Para participar basta separar seu lixo e quando o caminhão da coleta seletiva passar, você poderá trocar por cupons, após preenchê-los é só depositar na urna que está na recepção da prefeitura municipal.

Faça sua parte, separe seu lixo e concorra a prêmios!!!

Como funciona a coleta

A equipe da coleta seletiva passa nas ruas de Rio Brilhante de segunda a sábado, cada dia da semana em uma região diferente do município.

Neste link você fica sabendo que dia que o caminhão da coleta seletiva passa no seu bairro: http://riobrilhante.ms.gov.br/novosite/mapa.pdf

O que é coleta seletiva?

Coleta seletiva é a coleta diferenciada de resíduos que foram previamente separados segundo a sua constituição ou composição. Ou seja, resíduos com características similares são selecionados pelo gerador (que pode ser o cidadão, uma empresa ou outra instituição) e disponibilizados para a coleta separadamente.

Por que separar os resíduos sólidos urbanos?

Cada tipo de resíduo tem um processo próprio de reciclagem. Na medida em que vários tipos de resíduos sólidos são misturados, sua reciclagem se torna mais cara ou mesmo inviável, pela dificuldade de separá-los de acordo com sua constituição ou composição. O processo industrial de reciclagem de uma lata de alumínio, por exemplo, é diferente da reciclagem de uma caixa de papelão.

Por: Diego Batistoti / Assessoria de Comunicação