sexta-feira , 15 de dezembro de 2017
Início / Notícias / Profissionais da educação participam de debate sobre inclusão

Profissionais da educação participam de debate sobre inclusão

No dia 21 de setembro, os profissionais que atuam nas Unidades Escolares Municipais participaram de momento de estudos organizado pela Secretaria Municipal de Educação, a respeito de situações envolvendo alunos inclusos.

Os estudos foram conduzidos pela equipe do Núcleo de Inclusão da Secretaria Municipal de Educação, coordenado pela professora Márcia Cristiane Ferreira Cereda dos Santos e tiveram como foco a discussão sobre avaliação pedagógica dos alunos com necessidades educacionais especiais.

As psicólogas Fernanda Cristina Rodrigues Cardoso e Mariana Azevedo Cabel Salatin apresentaram os diversos aspectos que devem ser levados em consideração no momento de avaliar a aprendizagem.

Participaram do evento os professores responsáveis pelas Salas de Recursos Multifuncionais, professores especialistas, coordenadores pedagógicos e diretores das unidades escolares, totalizando mais de 50 pessoas envolvidas.

Segundo a professora Márcia, há atualmente 162 alunos com necessidades especiais inclusos nas unidades escolares municipais. Disse ainda que neste ano foi realizada ampliação de Salas de Recursos Multifuncionais, com instalação de uma nova unidade na EM. Rio Brilhante. Também destacou que foi expandido  o atendimento dos profissionais do Núcleo da Inclusão, a partir de uma reorganização que possibilitou maior número de alunos acompanhados por fonoaudiólogas, psicólogas e psicopedagogas.

A avaliação do evento foi bastante positiva “tivemos  uma participação muito boa de todos os envolvidos, o que proporcionou uma ótima oportunidade de reflexão sobre a avaliação dos alunos inclusos, compreendendo os diversos aspectos que devem ser considerados para aprovação ou retenção dos mesmos”, destacou a professora Márcia.

A Secretária Municipal de Educação, Magali de Araujo Lima, que participou da abertura do evento, enfatizou que “momentos como este são essenciais para garantir a troca de experiências e a busca sempre pelo melhor atendimento a todos os alunos em nossas unidades escolares.”